Westinghouse renova contrato para fornecimento de combustível nuclear para Ucrânia até 2025

Westinghouse renova contrato para fornecimento de combustível nuclear para Ucrânia até 2025

A Westinghouse Electric Company anunciou assinatura do contrato com a Energoatom para estender o fornecimento de combustível nuclear às centrais nucleares na Ucrânia de 2020 a 2025. A Ucrânia possui 15 unidades nucleares em operação comercial em quatro sites – Khmelnitsky, Rovno, Ucrânia do Sul e Zaporozhe – que são todos operados pela estatal Energoatom. A Ucrânia recebe a maior parte de seus serviços nucleares e combustível nuclear da Rússia, mas está reduzindo essa dependência comprando combustível da Westinghouse, subsidiária da Toshiba japonesa.

O contrato foi assinado por Aziz Dag, vice-presidente e diretor-geral da Westinghouse para a Europa do Norte e Yury Nedashkovsky, presidente e CEO da Energoatom.  Nedashkovskydisse afirmou que a Energoatom é a única no mundo a ter uma “fonte totalmente diversificada” de fornecimento de combustível nuclear aos reatores VVER-1000: “A cooperação com a Westinghouse tem sido parte integrante da realização deste objetivo.”  A Westinghouse é  fornecedora de combustível nuclear para a Ucrânia desde 2005, quando as primeiras montagens de ensaio de chumbo foram entregues à unidade 3 da usina no sul do país. José Emeterio Gutiérrez, presidente e CEO da Westinghouse, disse que “Esta extensão do contrato solidifica o papel da Westinghouse como parceiro estratégico da Energoatom e demonstra nossa capacidade de apoiar a Ucrânia com sua diversificação energética”.

 

Reproduzido de Petronotícias.