Rosatom completa a instalação da turbina na Unidade 2 da Usina Nuclear de Leningrado

Rosatom completa a instalação da turbina na Unidade 2 da Usina Nuclear de Leningrado

Já foi feita a  instalação do principal equipamento para a turbina da unidade 2 da usina nuclear de Leningrado, na Rússia, de acordo com o cronograma da empresa estatal nuclear Rosatom. Também foram instalados O estator, os separadores, os superaquecedores, os desaeradores, os condensadores de turbina, os aquecedores de alta e baixa pressão e os trocadores de calor.   O eixo da turbina foi alinhado e três pontes rolantes foram operadas com sucesso. O edifício da turbina consiste em quatro plataformas, numa área total de quase 25 mil m². São  mais de cinco mil  toneladas de tubos e quase quatro mil válvulas. Os trabalhos começarão agora com instalações de isolamento, baixa corrente e instalações elétricas, além da instalação de redes de engenharia externas e internas. No total, 71 sistemas tecnológicos serão alojados no prédio da turbina da unidade.

Alexander Chebotarev, chefe de construção da fábrica, disse que o pessoal está trabalhando com uma cooperação estabelecida e uma experiência bem-sucedida de operações similares com a unidade 1, que agora está em fase final de comissionamento: “Isso nos permite não só manter o cronograma, mas em algumas áreas até mesmo para encurtar o tempo necessário”.  O local existente da usina de Leningrado possui quatro unidades operacionais RBMK-1000, enquanto Leningrado-II terá quatro unidades VVER-1200As operações de start-up da nova unidade  começaram em 8 de dezembro do ano passado, quando os primeiros conjuntos de combustível foram carregados no núcleo do reator. O reator foi levado ao nível mínimo de energia controlável em fevereiro e conectado à rede em março. Entrou na fase final de seu comissionamento no final daquele mês.

 

(Petronotícias)