Presidente da ABDAN participa de lançamento do Reator Multipropósito Brasileiro

Presidente da ABDAN participa de lançamento do Reator Multipropósito Brasileiro

O presidente da ABDAN, Celso Cunha, participou nesta sexta-feira (8) da cerimônia de lançamento da pedra fundamental do Reator Multipropósito Brasileiro e do início dos testes de integração dos turbogeradores do Laboratório de Geração de Energia Nucleoelétrica, no município de Iperó, interior de São Paulo.

O reator vai produzir radioisótopos para a fabricação de medicamentos usados no tratamento de doenças nas áreas de cardiologia, oncologia, hematologia e neurologia.
Segundo ele, o Brasil hoje é obrigado a importar fármacos para combater várias doenças, principalmente o câncer.

Com o reator, o Sistema Único de Saúde (SUS) aumentará os atendimentos a casos de câncer, além de reduzir custos no tratamento já que os medicamentos terão preço de custo. A tecnologia permitirá ainda a produção de fontes radioativas para a indústria, agricultura e meio ambiente. A previsão é que o reator comece a funcionar em 2024.


– Sempre defendemos que o Nuclear tem que ser pensado também como tecnologia social. O Reator Multipropósito Brasileiro cumpre este papel – diz Celso Cunha.
A tecnologia tornará o Brasil referência em medicina nuclear, pois será autossuficiente na produção de radioisótopos. Como o número de reatores deste porte é pequeno em todo o mundo, o Brasil poderá, inclusive, tornar-se exportador da tecnologia